O Papão de Anjo não é uma extensa conversa entre seres celestiais (rsrsrs), mas uma sobremesa portuguesa – fácil de fazer e incrivelmente saborosa que deriva dos tradicionais docinhos Papo de Anjo.

De acordo com a história por volta dos anos 1300 a 1400, Portugal era o maior produtor de ovos do mundo e as claras eram usadas para engomar os hábitos das freiras e vestimentas reais.

Publicidade

Por isso, as gemas eram descartadas e, para evitar desperdícios, chegou-se aos tradicionais docinhos – os Papo de Anjo cujo ingrediente principal são as gemas batidas que são docemente temperados com calca de açúcar.

E, por serem tão saborosos os docinhos se transformaram em tamanho gigante – O Papão de Anjo, consequentemente, ainda mais vistoso e muito menos trabalhoso.

A receita é ideal para quando se tem gemas sobrando, após fazer por exemplo, um pudim de claras.

Que tal dar uma oportunidade para essa deliciosa sobremesa – vale à pena experimentar!  Você tem gemas sobrando aí em sua casa?  Então, bora pra cozinha!

Publicidade

Papão de Anjo

Tempo de Preparo:  Até 30min
Serve:  Até 10 porções

Ingredientes:

Massa
  • 2 claras
  • 6 gemas
  • 1 colher (sopa) rasa de farinha de trigo
  • 1 colher (chá) de fermento em pó
Calda
  • 500 g de açúcar
  • 2 copos de água

Modo de fazer:

Massa
  1. Primeiramente, bata as claras em neve com uma pitada de sal, junte as gemas uma a uma, batendo bem após cada gema adicionada.
  2. Em seguida, agregue a farinha peneirada com o fermento.
  3. Coloque em uma forma refratária redonda untada com manteiga ou margarina.
  4. Leve ao forno médio, pré-aquecido, por cerca de 20 a 30 minutos, dependendo do forno.
  5. Enquanto isso, prepare a calda.
  6. Retire do forno quando começar a dourar, fure a superfície e molhe com a calda de açúcar.
  7. Leve novamente ao forno por cerca de 5 a 10 minutos.
Calda
  1. Coloque a água e o açúcar em uma panela e leve ao fogo para ferver.
  2. Assim que ferver e ficar clara e transparente, está pronta.

 

 

Dica: Nem sempre é possível desenformar o Papão de Anjo sem quebrá-lo – portanto, se estiver muito macio, sirva na própria forma ou em porções em pratos de sobremesa.

 

Publicidade