Micoses

Os fungos são organismos vivos com estruturas simples e são de suma importância para a decomposição de matérias orgânicas. Alguns são microscópicos e não causam doenças como é o exemplo do lêvedo de cerveja que são aproveitados em pães, bebidas alcoólicas etc.

Mas alguns fungos podem causar doenças (conhecidas como infecções micóticas). Essas micoses atacam as mucosas, a pele, as unhas e o couro cabeludo. As mais comuns são:

  • Tinhas – se dividem entre frieiras e pé-de-atleta fazendo com que o espaço existente entre os dedos fique avermelhado e, algumas vezes, com bolhas e até pus. Mas as tinhas também podem aparecer em outras partes do corpo.
  • Pitiríase versicolor – conhecida como pano branco, que se caracterizam por pequenas manchas esbranquiçadas que descamam. Normalmente elas surgem na parte superior do corpo como braços, pescoço e rosto e coçam demais.
  • Onicomicoses – são as micoses de unhas e acometem tanto os pés quanto as mãos. As unhas se tornam mais grossas com mudanças de coloração e formato, e podem descolar.

A micose depende muito da predisposição de cada pessoa, no entanto, quando existe a falta de higiene corporal e o acúmulo de suor excessivo a micose se dissemina. A micose é contagiosa e pode passar de um indivíduo para outro. Alguns ambientes como os vestiários, boxes de banheiros em que a umidade prevalece são ambientes propícios para o contágio da micose.

A prevenção se dá por conta da higiene – evite andar descalço em pisos úmidos e manter os pés e o corpo secos.

O tratamento é demorado podendo durar semanas e até meses.  É realizado por meio de medicamentos por via oral ou através de cremes ou pomadas.

Mas, apesar da visita ao médico dermatologista ser essencial, existem alguns remédios caseiros eficientes no tratamento da micose superficial. Veja a receita de uma pomada natural caseira.

Ingredientes:

  • Um punhado de alfafa;
  • 2 colher de sopa de azeite de oliva;
  • 1 dente de alho;
  • ½ cebola;
  • 1 limão.

Como fazer:

Retirar o suco do limão, cortar a cebola e amassar com o alho e a alfafa e misturar com o azeite até ficar homogêneo. Deve ser aplicada todas as noites até melhorar.

Nota:  Caso não perceba qualquer melhora ao utilizar esta pomada, procure o auxílio de um profissional de saúde.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.