Espermaticida ou espermicida são substâncias em forma de cremes, geleias, espumas, tabletes ou óvulos que modificam o ambiente interno do aparelho genital feminino, imobilizam e destroem os espermatozoides – matando-os durante o ato sexual.

Esses tipos de espermicidas devem ser aplicados dentro do interior da vagina antes do ato sexual. Existe ainda a versão comprimido que deve ser ingerida cerca de 10 minutos antes da relação sexual. O tempo de durabilidade da ação do produto é 2 horas, devendo ser reaplicado para relações mais prolongadas.

Publicidade
Publicidade

Apesar de não prejudicarem a saúde, esse método é pouco eficaz se utilizado isoladamente. O ideal é que seja utilizado em conjunto com um método mecânico como o condon e o diafragma. E, por ser um método químico, a usuária deve consultar um ginecologista para dúvidas e esclarecimentos de como utilizá-lo corretamente.

Publicidade