A canjiquinha brasileira é uma iguaria de origem mineira e super apreciada em várias partes do país.

Isso porque o prato é simples, fácil e rápido de fazer, nutritivo, delicioso e de baixo custo – assim o prato é utilizado em eventos diversos.

Publicidade

Certamente é uma comidinha típica de festas Juninas e faz sucesso em eventos diversos, além de ser um prato ideal para o dia a dia.

Ademais receita é deliciosa e versátil e pode-se encontrar versões com caldo – que se confundem com uma sopa.

Desse modo a versatilidade da receita permite combinar o milho triturado com ingredientes diversos.

Assim pode-se usar peito de frango, carne seca, linguiça, costela, cenoura, cebola, brócolis, couve, moela e etc.

Portanto é uma ótima pedida para quem ama cuscuz marroquino, mas não abre mão de uma alternativa mais econômica.

Além disso o sabor é divino e deixa qualquer um com água na boca! Então, se você é uma daquelas pessoas que adoram uma receitinha prática essa é opção ideal.

Publicidade

Então, que tal experimentar agora? Bora pra cozinha?!

Canjiquinha Brasileira

Tempo de Preparo: 45min
Serve: Até 5 porções

Ingredientes:

  • Atum em óleo 1 lata
  • 1 cebola grande picada
  • 2 dentes de alho picados
  • Cheiro verde 1 (colher) de sopa – picado
  • 3 pimentões picados
  • 1 tomate maduro picado
  • ½ colher (chá) de orégano seco
  • Canjiquinha 1 xícara (chá)
  • 5 xícaras (chá) de água fervente
  • Sal a gosto

Modo de Fazer:

  1. Primeiramente escorra o óleo do atum em uma panela e refogue nele a cebola, o alho e o pimentão.
  2. Logo depois acrescente o tomate, o orégano e cozinhe por 5 minutos ou até o tomate começar a desmanchar.
  3. Em seguida a canjiquinha – previamente lavada e escorrida – e a água fervente.
  4. Então tempere com sal, tampe a panela e cozinhe em fogo baixo.
  5. Mexa de vez em quando, até que fique macia – com consistência de mingau grosso.
  6. Então se necessário acrescente mais água fervente.
  7. Enfim junte o atum, o cheiro verde e misture.
  8. Sirva bem quente.
Publicidade