Alguns Tipos de Chás e Seus Benefícios

Água quentinha e um pouquinho de ervas – Está prontinho! humm…

Um chá saboroso e quentinho para beber a qualquer hora e para aquecer nos dias mais frios não é nada mau! Além disso, oferece uma deliciosa sensação de aconchego e traz vários benefícios à saúde do corpo e da mente, pois propicia um bem-estar incrível!

A erva ideal

Para se aproveitar ao máximo as propriedades terapêuticas dos chás e obter os seus benefícios, são necessários alguns requisitos, dentre eles podemos citar:  nunca compre ervas a granel e fique de olho na embalagem  – caso contrário, há risco de se levar para casa espécies contaminadas ou velhas. Dê preferência aos produtos com certificados de qualidade. As embalagens devem ser fechadas a vácuo e exibir o nome científico da planta, a procedência e a data de validade, caso contrário. não compre!

Propriedades

  • Antivirais:

Alho, eucalipto, gengibre, limão, sabugueiro, salgueiro, alcaçuz e guaco.

Benefícios – Têm propriedades anti-inflamatórias e analgésicas, além de fortalecer o sistema imunológico. Algumas plantas, como o gengibre, são ainda mais potentes: agem impedindo o acesso dos vírus às células de nosso corpo e consequentemente as doenças – principalmente gripes e resfriados, tão comuns na época do inverno.

Receita – Misture limão, gengibre e alho

Beba – 1 xícara (chá) três vezes ao dia.

Contraindicações – Grávidas, lactantes, pessoas que sofrem de gastrite e pressão baixa.

  • Digestivos:

Cáscara sagrada, boldo-do-chile, camomila, espinheira-santa, carqueja e hortelã-pimenta.

Benefícios – Promovem o relaxamento da musculatura do trato gastrointestinal, reduzindo tanto as cólicas quanto o acúmulo de gases no estômago e intestinos, além de facilitar o processo de digestão.

Receita – Reúna boldo, hortelã-pimenta, carqueja e camomila.

Beba – 1 xícara (chá) meia hora após as principais refeições (café da manhã, almoço e jantar).

Contraindicações – Grávidas e lactantes.

  • Diuréticos:

Quebra-pedra, chapéu-de-couro, cavalinha, cana-do-brejo, bardana e dente-de-leão.

Benefícios – Estimulam o bom funcionamento dos rins, estimulando a eliminação da urina. Auxiliam na reabsorção de sódio e de água, atuando no processo de desintoxicação e no tratamento das infecções das vias urinárias.

Receita – Misture cavalinha, cana-do-brejo, chapéu-de-couro e quebra-pedra.

Beba – Três xícaras (chá) por dia (de manhã, à tarde e à noite).

Contraindicações – Grávidas e pessoas com hipotensão arterial, insuficiência renal e cardíaca também não devem fazer uso desse tipo de chá.

  • Termogênicos:

Canela, gengibre, cravo-da-índia, chá verde e laranja-amarga.

Benefícios – Potencializam a termogênese – processo regulado pelo sistema nervoso que leva à transformação da glicose e da gordura em energia. Aceleram o metabolismo e aumentam a queima de calorias, por isso o consumo é recomendado para quem segue dietas de emagrecimento e pratica exercícios físicos.

Receita – Combine canela, gengibre, cravo e chá verde.

Beba – 1 xícara (chá) de duas a quatro vezes ao dia.

Contraindicações – Grávidas e cardíacos.

Para dar um toque especial e incrementar ainda mais o sabor do seu chá, confira formas de deixá-lo ainda mais gostoso, conhecendo os benefícios e a variedade de sabores das ervas – aproveite!

Proteja o chá da umidade e ele ficará perfeito!

Quando for armazenar as ervas do chá, procure um lugar apropriado livre da umidade. Escolha sempre um lugar fechado e seco e mantenha as ervas armazenadas em saquinhos e, se possível, em uma lata. Outra dica importante é mantê-las longe de outros ingredientes, para evitar a mistura de sabores e odores.

Não perca tempo, inclua o chá na sua rotina e você verá o quão maravilhoso ele é, tanto para sua saúde quanto para o seu paladar!

Que tal um chazinho agora mesmo?

Um comentário sobre “Alguns Tipos de Chás e Seus Benefícios

Os comentários estão desativados.