O adesivo também chamado de patch, é um método anticoncepcional confeccionado com um material aderente, parecido com um esparadrapo brilhante que deve ser fixado na pele da mulher e permanecer por um período de uma semana.

É um método bastante eficaz na prevenção da gravidez pois possui em sua formulação a combinação de dois hormônios – a progesterona e o estrogênio, que são liberados através da pele, de forma contínua, na corrente sanguínea durante o período de sete dias. Possuem a capacidade de impedir a liberação do óvulo pelos ovários, além de tornar o muco cervical espesso, impossibilitando que o espermatozoide alcance o óvulo.

Publicidade

O primeiro adesivo deve ser colocado no primeiro dia da menstruação. Os adesivos vêm em três unidades para serem usados de forma consecutiva. Após as três semanas de uso, é necessário fazer uma semana de pausa.

O adesivo não é transparente, de forma que esse método contraceptivo pode ficar visível dependendo de onde for colocado e do tipo de vestimenta.

Publicidade

Vantagens

  • São altamente eficazes.
  • São fáceis de usar tanto para colocar quanto para retirar.
  • Não requer controle diário.
  • Permite uma vida sexual ativa e desfrutá-la com espontaneidade.
  • Os princípios ativos são liberados de forma gradual e constante, garantindo um efeito contínuo e prolongado.
  • A fertilidade é imediatamente recuperada após a descontinuação.

Desvantagens

  • Não é incolor e, portanto, fica visível dependendo do local em que é colocado.
  • Pode soltar ou cair.
  • Exige um controle do número de semanas em que é utilizado.
  • Possuem influência no peso corporal de algumas mulheres.
  • Pode desencadear irregularidades nos ciclos menstruais.
  • Pode causar irritação no local da aplicação.
  • Em algumas mulheres pode causar dores de cabeça e alterações de humor.
  • Raramente podem provocar coágulos de sangue (trombose), ataques cardíacos e acidente vascular cerebral.
  • Dor nas mamas,
  • Cólicas e dor abdominal.
  • Alterações do apetite.

Nota:  Vale ressaltar que o adesivo trans-dérmico é um método contraceptivo que evita a gestação indesejada, no entanto, não é capaz de proteger contra as doenças sexualmente transmissíveis. Portanto, o uso de métodos contraceptivos de barreira como a camisinha feminina e a masculina são indispensáveis.

Publicidade