A Música e os Benefícios para a Saúde

Você sabia que ouvir música pode trazer muitos benefícios ao corpo e à mente? Isso mesmo!

A música acalma, estimula a memória, alivia as dores e auxilia nas atividades físicas. Inclusive, nos últimos anos ela tem sido utilizada por médicos e terapeutas como auxiliar em tratamentos de algumas doenças.

Publicidade

Todo mundo gosta de ouvir música, uns com ritmos alucinantes e outros com a suavidade das valsas.

Mas não importa o ritmo – o importante é que ao ouvirmos uma música, seja em casa, no carro ou na rua nos sentamos bem, pois a música promove alegria e relaxamento fazendo bem à alma e ao coração.

Além de despertar   lembranças fazendo com que o cérebro se torne mais ativo.

Alguns médicos têm utilizado a musicoterapia como tratamento ao Alzheimer – ao colocar uma música para o paciente ouvir que tenha sido um marco em determinada época ou um momento especial na vida dele, o paciente é capaz de lembrar-se de datas específicas e marcantes enquanto ouve a canção.

A música é como um bálsamo para o ser humano pois pode ser uma ferramenta muito eficaz no quesito saúde auxiliando satisfatoriamente o cérebro sobrecarregado de tensão e estresse a atingir resultados evolutivos, uma vez que é capaz de acalmar e relaxar.

É obvio que na terceira idade, nem todo idoso tem paciência para ouvir música, mas o idoso que consegue se envolver no contexto musical – seja aprendendo a tocar um instrumento ou apenas ouvindo as melodias consegue obter uma qualidade de vida mais saudável que os que não se envolvem com a música.

musica.jpg

A música traz benefícios para a Saúde e à Vida de forma Total, pois influencia diretamente na vida social das pessoas promovendo um bem-estar geral.

Além disso, a música pode transformar-se em uma ferramenta de motivação em determinadas situações.

Publicidade

Por exemplo: algumas vezes ficamos desanimados, sem ânimo e após ouvirmos uma determinada canção – ouvimos um acorde aqui, outro ali e, em poucos minutos, somos impregnados por emoções que nos acalmam e nos fazem viajar no tempo e relaxar.

Então, imediatamente, o nosso astral se transforma de forma milagrosa como água em vinho.

De acordo com o ritmo musical que alguém escuta e o contexto em que a pessoa está inserida, o coração bate mais rápido e a respiração fica mais ofegante ou tranquila refletindo no aumento da pressão sanguínea.

Tal aumento melhora o sistema imunológico e endócrino auxiliando diretamente no tratamento de algumas doenças mentais, incluindo-se o estresse e a depressão.

E, não pára por ai, pois a música também desempenha um grande estímulo para as pessoas que praticam atividades físicas.

Você já viu uma academia sem música? Obviamente que não!

A música inebria e minimiza a sensação de cansaço e, em oposição, impulsiona trazendo alegria e propiciando conforto durante os exercícios.

ouvindo musica pra dormirA música também desempenha um papel muito importante para uma boa noite de sono.  Sons lentos e graves ajudam a relaxar e a se desligar de preocupações do cotidiano ajudando a adormecer e combater a insônia. Já os sons mais agitados, acelerados, energéticos e agudos são ótimos para se ouvir pela manhã ao despertar pois, literalmente, ajuda a acordar.

A atividade musical ao longo da vida de uma pessoa pode servir como exercício cognitivo e corporal fazendo com que o cérebro e o corpo estejam aptos e capazes para os desafios do envelhecimento.

 

 

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.